domingo, 7 de novembro de 2010

Ilusões Ópticas

Nem tudo é aquilo que parece. Geralmente julgamos pela primeira impressão. Assim acontece na vida cotidiana, em especial, nos nossos relacionamentos. Julgamos pelas aparências, ferimos o semelhante e precipitamente até condenamos. É comum, porque todos somos humanos com grandes limitações e deixados a nos levar pelos enganos do ego que, na verdade, nada sabe. O caminho em busca de maior perfeição é longo, um processo contínuo, mas que devemos manter em constante aperfeiçoamento que passa, ceratemente, pela busca de uma espiritualidade maior.
A matéria nos ilude.
J. Rubens Alves

Nenhum comentário: